domingo, 19 de setembro de 2010

Amanhecer


É como quando em um olhar
Encontro com o sorriso teu
Que da tua boca vem repousar
Nos olhos que são meus

Simples, singelo, sutil
Como quem não se faz perceber
Me tira da vida hostil
Transforma todo o meu viver

É a mão que vou segurar
E o coração de novo a bater
E em teus braços repousar

E a cada passo te buscar
A cada dia te querer
Em cada gesto te amar

3 comentários:

Carol disse...

Muito lindo *-*

Bárbara disse...

" ... E a cada passo te buscar
A cada dia te querer
Em cada gesto te amar ... "
em poucas palavras, se resumem tudo!

Katia S G disse...

Não sabia que escrevias tão bem assim,parabéns,!